segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

MISSA

E aquela oração que se ouvia
Fez que nascesse a esperança
No peito daquela gente
Que muito orava e pedia
E de inda mais carecia,
Mas não sabia do rumo,
Da direção a seguir.

E aquelas palavras de alento
Faziam brilhar os olhos
Daquele povo que achava
Viria um dia a justiça
- Depois da morte ou na vida -
E tudo deixava por conta
Da providência divina.

E aquelas histórias da Bíblia
Enchiam de luz os rostos
Daquelas pessoas sem norte
Que achavam que toda mazela
Era destino traçado
Pelo Senhor, que escrevia
Correto por linhas tortas.

E aquela massa cantava,
Rezava rosários e terços,
Ao fim da missa partia
Segura do próprio triunfo,
Das suas futuras conquistas,
De ter-se valido dos meios
Mais certos pra sua luta,
De ter cumprido o dever

2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário